Giro

Regata Santos-Rio terá duelo entre medalhistas da família Grael

A família Grael estará em peso na edição de número 70 da regata Santos-Rio, que tem largada prevista para o dia 23 de outubro. Martine, que brilhou nos Jogos de 2016 (Rio de Janeiro) e venceu um Campeonato Mundial em 2014 ao lado de Kahena Kunze, fará sua terceira participação na regata, que é considerada a mais difícil do país. Pai de Martine, Torben Grael, bicampeão olímpico e dono de cinco medalhas nos Jogos, também marcará presença, assim como Lars Grael, irmão de Torben e tio de Martine, dono de duas medalhas de bronze. Todos estarão em barcos diferentes.

Martine destaca a disputa saudável em família e a experiência a favor de seu pai e tio. Torben tem cinco conquistas como comandante, e Lars um título: “Acho que rola disputa entre todos os barcos. E é claro que todos imaginam ganhar. Mas tenho um respeito enorme pelo meu pai e meu tio, e a experiência dos demais velejadores. Não vou para chegar atrás, mas também não seria nenhum vexame. Aliás, é minha terceira Santos-Rio. E com esse negócio de barco a vela, já viu que experiência conta, e muito”, diz.

“A Santos-Rio é a síntese da história da vela de oceano no Brasil. Será minha 18ª participação, fui muito ativo nas décadas de 1980 e 1990, e agora [chego] motivado por tudo que está passando no país e também pela vela de oceano celebrando a 70ª edição dessa regata, que é a mais importante do Brasil”, afirma Lars Grael.

Além deles, já estão confirmados outros grandes nomes da modalidade como Kiko Pelicano, Samuel Gonçalves, Samuel Albrecht, e Henry Boening, o Maguila, proeiro de Robert Scheidt. É esperada a participação de mais de 40 barcos.

Vale lembrar que os veleiros de oceano farão parte do programa dos Jogos Olímpicos de 2024 (Paris), com barcos de 30 pés e dupla mista com um homem e uma mulher como tripulantes. “Será, sem dúvida, um grande evento. Estamos preparando uma competição especial com todos os cuidados e protocolos diante da pandemia do novo coronavírus (covid-19)”, diz Mario Martinez, comodoro da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano (ABVO).

“Todos os campeões da Santos-Rio presentes nessa edição serão homenageados na largada, teremos a presença de uma fragata da Marinha do Brasil, um desfile de barcos a partir das 10h30 na Ponta da Praia em Santos e uma salva de canhão para cada barco vencedor da história da Santos-Rio”, encerra Martinez.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”

+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?