Economia

Reforma tributária está em seus primeiros movimentos, diz Meirelles

A reforma tributária no Brasil está, neste momento, dando seus primeiros passos, disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo ele, o Brasil precisa ter um sistema tributário mais racional e que direcione para o crescimento.



O ministro destacou, entre outras medidas, o teto dos gastos já aprovado pelo Congresso, assim como a reforma trabalhista. “Na Alemanha reforma trabalhista levou a forte queda do desemprego”, exemplificou.

Com o teto de gastos, Meirelles disse que a despesa primária cairia de 19% para 15% do PIB em 2026. “Essa será a diferença do tamanho do governo na economia. Haverá mais investimentos é uma mudança de estrutura e menos Estado na economia brasileira”, afirmou, em discurso no Congresso Internacional de Mercados Financeiro e de Capitais, organizado pela B3. Por outro lado, sem o teto de gastos, a despesa primária saltaria de 19% para 25% do PIB em 2026.

O ministro da Fazenda disse, assim, que ao longo dos anos o setor público foi ocupando muito espaço na economia e que esse fato serviu para “expulsar o setor privado”. “Agora esse quadro vai se reverter”, destacou.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022




Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto