Economia

Recuperação da produção de veículos faz indústria de fundição voltar a crescer

Puxada, principalmente, pela retomada da indústria automobilística, a produção nacional de peças fundidas, que vem de três anos consecutivos em queda, cresceu 6,8% no acumulado de janeiro a julho e deve encerrar o ano marcando alta de 10%, segundo números da Associação Brasileira de Fundição (Abifa), entidade que reúne as empresas do setor.

Pelas previsões da associação, a indústria de fundição vai produzir 2,3 milhões de toneladas em 2017, voltando ao patamar de 2015, mas ainda bem abaixo da capacidade de produção do setor de fundir 4 milhões de toneladas de peças por ano.

“Sinto que não estamos mais em um voo de galinha, mas vivemos um crescimento sustentável, que gera muito otimismo no mercado de fundição”, afirma Roberto João de Deus, diretor-executivo da Abifa.

A indústria de fundição brasileira está entre as dez maiores do mundo, num ranking encabeçado pela China, que produz mais de 45 milhões de toneladas por ano.

No total, 1,2 mil empresas trabalham nesse ramo de atividade, que, conforme as previsões da Abifa, deve faturar US$ 7,5 bilhões neste ano.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?