Edição nº 1126 20.06 Ver ediçõs anteriores

Record vende na telinha

Record vende na telinha

A consultoria PwC, recrutada pela Rede Record para desenhar um megaplano de diversificação de receitas e digitalização do modelo de negócio, ajudou o grupo a pensar na criação de novas frentes de negócios. Entre elas, um inédito serviço de e-commerce no País. A partir de 18 de setembro, junto com a estreia da décima primeira edição do reality show A Fazenda, produtos exibidos nas telas estarão à venda no marketplace Shopping Record, desde os de linha branca e utensílios de cozinha até roupas e acessórios utilizados pelos participantes. Segundo o executivo Carlos Giusti, sócio da PwC na área de tecnologia, a iniciativa é parte de uma ampla estratégia de reinvenção do formato de operação do grupo. Já o superintendente de estratégia multiplataformas da Record, Antonio Guerreiro, afirma que a nova configuração estratégica do grupo inclui 16 fontes de receitas só na internet. “A diversificação dos modelos de negócio em receita não publicitária faz parte do meio digital”, diz. No ano passado, o Grupo Record faturou R$ 1,84 bilhão, queda de 0,9% na comparação com 2016.

(Nota publicada na Edição 1087 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Hugo Cilo, Moacir Drska e Pedro Borg)


Mais posts

A gente não quer só salário

Em um processo seletivo, só o salário oferecido não basta para atrair bons profissionais. Para 40% dos entrevistados pelo 8º Índice de [...]

Eurofarma olha para fora

O laboratório brasileiro Eurofarma, uma das maiores do setor na América Latina e com negócios em 20 países, vai intensificar seu [...]

Mais um rival para o Netflix

Foi no início da década de 1960 que a BKS começou a entrar nos lares brasileiros – e já naquela época, por meio da televisão. [...]

Veloe não perde tempo

A guerra do mercado de pagamento eletrônico de pedágios se acirra mais a cada dia. Ao mesmo tempo em que o banco digital C6 inicia [...]

Plano de engorda dos lucros

O mercado de produtos naturebas nunca cresceu tanto como nos últimos anos – e deve ganhar ainda mais musculatura daqui para frente. [...]
Ver mais