Giro

Receita reformula Carnê-Leão, que deverá ser preenchido online

Crédito: Marcelo Camargo

Superintendência da Receita Federal, em Brasília. (Crédito: Marcelo Camargo)

Para este ano, a Receita Federal implementou um novo sistema para o Carnê-Leão, de recolhimento mensal obrigatório de imposto. Não será mais necessário baixar o programa ou aplicativo para celular do Carnê-Leão para registrar os rendimentos e gerar o DARF.



O acesso ao Carnê-Leão ocorrerá por meio do Centro Virtual de Atendimento (Portal e-CAC), disponível no site da Receita na internet.

+ PF e Receita Federal apuram desvio de recursos destinados a creches
+ Receita: arrecadação soma R$ 1,479 trilhão em 2020

O sistema pode ser utilizado para todos os fatos geradores desde 01/01/2021. Para os anos anteriores, o contribuinte precisa baixar um programa em seu computador, assim como a Máquina Virtual Java (JVM) compatível para gerar o DARF.

Qual contribuinte é obrigado a utilizar o sistema?



O recolhimento mensal é obrigatório aos contribuintes pessoas físicas, residentes no Brasil, que receberam rendimentos, de outra pessoa física ou do exterior, como de aluguel e trabalho autônomo.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?