Economia

Receita critica Câmara sobre imposto de fortunas; Guedes rejeita a proposta

Crédito: Arquivo Agência Brasil - Marcelo Camargo

Superintendência da Receita Federal, em Brasília (Crédito: Arquivo Agência Brasil - Marcelo Camargo)

A Receita Federal, em documento, criticou a Câmara dos Deputados em relação a criação de um imposto sobre grandes fortunas.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o órgão federal não descarta um debate sobre o tributo para tentar reduzir a desigualdade no País.

No entanto, a Receita afirma que há medidas mais eficazes, como encerrar programas com Refis, taxar a distribuição de lucros e dividendos e mudar tributação sobre o mercado de capitais.

O fisco informa que há dificuldades sobre como estabelecer o critério para as fortunas, segundo a Folha. Para a Receita, o sistema poderia ser burlado facilmente. Caso o contribuinte transferisse parte do patrimônio para outros países ou dividisse com outras pessoas, poderia escapar da taxação.



+ Camex zera imposto de importação de seringas e agulhas

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, rejeita a proposta e argumenta que esse tributo geraria uma fuga de investidores para outros países, o que reduziria a oportunidade de novos negócios e empregos no Brasil.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel