Edição nº 1075 22.06 Ver ediçõs anteriores

A reação da Luiza

A reação da Luiza

O Magazine Luiza criou um disque-denúncia interno para que funcionários possam relatar crimes de violência doméstica. Em três meses, foram 32 queixas. As vítimas receberam apoio jurídico e psicológico. O motivo da ação foi o assassinato da funcionária Denise Neves dos Anjos, em Campinas (SP). O marido dela é o principal suspeito. “Não quero me omitir mais”, disse Luiza Helena Trajano, fundadora da empresa, em vídeo divulgado para os funcionários.

(Nota publicada na Edição 1040 da Revista Dinheiro)


Mais posts

País fossilizado

Entre 2013 e 2017, o Brasil gastou R$ 342,36 bilhões em subsídios para combustíveis fósseis, por meio de renúncias fiscais e gastos [...]

Lucro para a ecologia

O grupo varejista francês Casino, dono das bandeiras Pão de Açúcar e Extra, vendeu 26% mais produtos orgânicos e ecologicamente [...]

A volta do El Niño?

As condições para a ocorrência do El Niño, quando a temperatura do Oceano Pacífico se eleva e provoca alterações climáticas ao redor do mundo, estão postas. O Centro de Previsão do Clima dos EUA anunciou que as chances do fenômeno ocorrer entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019 aumentaram em 64%. No último relatório […]

Bicicleta elétrica X carro

Apostar em utilizar a bicicleta para trajetos pela cidade, em vez do carro, traz ganhos para a saúde e ajuda o meio ambiente. Mas o [...]

Sem mais canudos

O McDonald’s anunciou que vai substituir os seus canudos de plástico por outros de papel em todo o Reino Unido e Irlanda, a partir de [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.