Economia

Ramos: teremos dificuldades de discutir tributária e administrativa agora

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou nesta sexta-feira, 22, que o governo tem, atualmente, um ambiente desfavorável para votar as reformas administrativa e tributária. Segundo ele, o ideal teria sido emendá-las na reforma da Previdência.



“Infelizmente, não aproveitamos ambiente de anos reformistas para engatar, após a reforma da Previdência, a administrativa e a tributária. Agora teremos sérias e profundas dificuldades de enfrentar esse debate sem contaminação do processo eleitoral”, disse, em participação no 42º Congresso Brasileiro de Previdência Privada (CBPP).

Ele defendeu ainda a necessidade de novas mudanças na Previdência e atentou à proposta do deputado Mauro Benevides. O projeto defende um piso pago a todos os trabalhadores e um fundo de adesão voluntária para pagamentos superiores a isso.

Ramos, que foi responsável pela relatoria da reforma da Previdência, criticou ainda a pressão política à época para deixar de fora militares.

“Equivocadamente relativizamos regras em relação a policiais. E não tivemos a força necessária, por conta de posição do Executivo, para trazer para dentro da reforma o sistema dos militares”, disse.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?