Agronegócio

Raízen tem perspectiva de operação de IPO de mais de R$ 10 bi

Crédito: Divulgação - Raízen

Raízen, empresa de energia da Cosan e da Shell, promete fazer uma das maiores aberturas de capital da história da bolsa brasileira, de mais de R$ 10 bilhões (Crédito: Divulgação - Raízen )

São Paulo, 21 – Destaque na temporada de IPOs, a Raízen, empresa de energia da Cosan e da Shell, promete fazer uma das maiores aberturas de capital da história da bolsa brasileira, de mais de R$ 10 bilhões. A projeção é de que sua estreia na B3 ocorra no fim de julho.

Com a oferta, os bancos miram um valor de mercado para a Raízen de cerca de R$ 90 bilhões, já a posicionando entre uma das empresas mais valiosas da B3.

+ IPOs de grandes empresas devem trazer mais investidor estrangeiro para a Bolsa

O IPO faz parte dos planos da Cosan de listar suas subsidiárias, de forma a destravar o valor da companhia. Por trás, o foco está na promessa de transição energética, que ganha cada vez mais relevância tendo em vista a pressão do mercado por uma atividade mais sustentável. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago