Economia

Raízen negocia compra do negócio de lubrificantes da Shell no Brasil

A Raízen informa que negocia com a Shell uma ampliação das operações conjuntas, com a aquisição da totalidade do negócio de lubrificantes da Shell no Brasil. Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa lembra que desde 2011, a Raízen Combustíveis, joint venture formada entre a Cosan e a Shell, atua como agente exclusivo de venda de lubrificantes da marca Shell, com base no contrato firmado por dez anos entre a Raízen e a Shell Brasil Petróleo.

“Com o vencimento deste contrato de agenciamento, Raízen e Shell negociaram uma ampliação do escopo do relacionamento mantido até o momento, com a aquisição da totalidade do negócio de lubrificantes da Shell no Brasil pela Raízen”, afirma.

A operação inclui a planta de mistura de lubrificantes localizada na Ilha do Governador e a base de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, assim como a cadeia de distribuição e seus respectivos contratos. A empresa lembra que o fechamento da operação está sujeito à aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), bem como ao cumprimento de outras condições suspensivas.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago