Investidores

R$ 29,3 bilhões

Foi o total captado com ofertas primárias e secundárias de ações no primeiro semestre de 2019, informou a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) que representa os bancos de investimento e administradoras de recursos. Nesse período foram vendidos R$ 4,5 bilhões de ações em aberturas de capital, e R$ 24,8 bilhões em ofertas subsequentes de empresas que já eram abertas. O valor emitido no primeiro semestre supera em 159% o total captado durante todo o ano de 2018, que foi de R$ 11,3 bilhões. Segundo a Anbima, a cifra é a maior para um primeiro semestre desde a retomada do mercado de capitais, que se iniciou em 2004.

Um dos motivos para sustentar o crescimento das vendas foi o aquecimento da demanda por ações por parte dos gestores de recursos. Segundo a Anbima, no ano passado os fundos compraram 26,6% das ações oferecidas. Em 2019, essa participação quase dobrou, passando para 50% do total.

O bom desempenho nas ações e a queda dos juros também animou as empresas a captar mais recursos no mercado de renda fixa, que inclui debêntures e títulos lastreados em ativos imobiliários e do agronegócio. No primeiro semestre, as empresas levantaram R$ 212,6 bilhões em captações brasileiras e internacionais, um aumento de 23% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o volume chegou a R$ 172,6 bilhões.


R$ 54,67 bilhões – Foi o valor de mercado da Eletrobras na quarta-feira 17, maior nível da história da estatal. O que animou os investidores foram notícias de que o governo pensa em privatizar a holding do setor elétrico, com a venda de mais de 50% das ações.

R$ 30 bilhões – É o total de recursos administrados em planos de previdência privada pela Icatu Seguros. Esse é o maior montante a cargo de uma empresa não ligada a um banco de varejo. O patrimônio em planos de previdência geridos pela Icatu avançou 57% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

102% – É a remuneração oferecida pelo banco RCI Brasil, ligado às montadoras Nissan e Renault, para a captação de CDB. Antes dedicado a investidores institucionais, o banco passou a buscar recursos junto a pessoas físicas com captação inicial a partir de R$ 500.