Dinheiro e Tecnologia

Quinto Andar se torna novo unicórnio brasileiro após rodada de investimentos

O app hoje está em plena expansão, com serviço de reformas em apartamentos, e uma média de 4.500 contratos de aluguel fechados por mês

Crédito: Andre Lessa / AE

Braga, CEO do Quinto andar: o empresário, decidiu criar uma imobiliária digital após dificuldades de alugar (Crédito: Andre Lessa / AE)

A startup de aluguel de casas Quinto Andar se tornou nesta terça-feira (10) o oitavo unicórnio brasileiro, seleto grupo de startups que atingiram valor de mercado de US$ 1 bilhão. Aplicativo especializado em gerenciar aluguel de residências recebeu um novo aporte de US$ 250 milhões liderados pelos fundos Dragoneer, que já investiu em Uber e Nubank, e Softbank, célebre fundo japonês que também investiu no aplicativo de transporte além de Creditas, Rappi, Loggi e Gympass.

A norte-americana General Atlantic e a argentina Kaszek Ventures, que já haviam investido na companhia, também participaram do aporte, que foi o quarto da empresa. O negócio acontece apenas 10 meses após a startup ter recebido outra rodada de investimento, de 250 milhões de reais.

O app hoje está em plena expansão, com notícias recentes de que o Quinto Andar começaria a reformar apartamentos, e uma média de 4.500 contratos de aluguel fechados por mês, número cinco vezes maior do que em 2018. A empresa hoje está presente em 25 cidades brasileiras das regiões sudeste, sul, e centro-oeste, com o estado de São Paulo representando 30% de seus acordos

Com o aporte, a empresa agora mira expansão para dentro e fora do País, além de aumentar sua equipe de tecnologia para aumentar a gama de serviços oferecidos pela startup.