Giro

Queiroga diz que contenção da Covid e recuperação econômica dependem de vacinação e faz apelo por 2ª dose

Crédito: REUTERS/Adriano Machado

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (Crédito: REUTERS/Adriano Machado )

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta-feira, em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, que a contenção da crise sanitária e a recuperação da atividade econômica no país dependem, em grande medida, da vacinação contra a Covid-19, e fez um apelo para que as pessoas que estão com a segunda dose atrasada completem a imunização.

Embora tenha exaltado o fato de mais de 100 milhões de brasileiros terem tomado

coronavíruscoviddoseimunizantePfizerqual vacina é mais eficazqual vacina é melhor?vacinavacinaçãovariante delta

pelo menos a primeira dose de vacina, o ministro fez um pedido para que as pessoas busquem os postos de vacinação para tomar a segunda dose.



+ Dose extra aumenta “fortemente” proteção contra a variante Delta, diz Pfizer

“Dirijo-me em especial aos brasileiros que estão com a segunda dose em atraso”, disse. “Sua imunização só estará completa após a conclusão do esquema vacinal”.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde com base em informações dos Estados e do Distrito Federal, cerca de 4 milhões de pessoas não retornaram aos postos de vacinação para receber a segunda dose dentro do prazo previsto.

O ministro disse ainda que, conforme a vacinação avança, os desafios tornam-se mais complexos com as possíveis mutações do novo coronavírus. A pasta já informou que o maior temor é o alastramento da variante Delta, apontada como mais contagiosa em relação à variante prevalente por aqui, a P.1.

Queiroga comemorou o fato de que, com 63% da população adulta vacinada com a primeira dose, houve um redução de 40% do número de casos e mortes por Covid em um mês. Ele repetiu que espera ter toda a população brasileira adulta vacinada com a primeira dose até setembro e com o ciclo completo em dezembro.

 

(Reportagem de Ricardo Brito)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6S000-BASEIMAGE

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago