Queimadas aumentam 334% no Pantanal

Queimadas aumentam 334% no Pantanal

Fogo contra fogo: de janeiro a agosto deste ano, choveu 25% a menos no Pantanal, em especial nos meses de janeiro a março, período que geralmente concentra a maior parte das chuvas


O Pantanal está em chamas. De janeiro a 11 de setembro, o número total de incêndios na região avançou 334% em relação ao mesmo período de 2018, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em um ano, a proporção de queimadas no Pantanal passou de 1.039 para 4.515. O fogo mais intenso foi registrado nas matas da Reserva Particular do Patrimônio Natural Estância Caiman, um polo de turismo ecológico que desenvolve projetos de preservação da fauna na região. Só no estado do Mato Grosso do Sul, as queimadas mais que duplicaram este ano. Se comparado com o mesmo período de 2018, os focos de incêndios no local passaram de 1.902 a 6.301. O Pantanal é considerado uma das maiores extensões úmidas contínuas do planeta e mantém mais de 80% da vegetação nativa. A região, que ocupa 1,76% do território brasileiro, abriga grande diversidade de espécies de fauna e flora.

(Nota publicada na Edição 1139 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Transição Verde

A Comissão Europeia anunciou que investirá mais de R$ 60 bilhões nos próximos anos para reduzir as emissões de carbono e incentivar a [...]

Brasil pode ter mais emissões na pandemia

Com a pandemia gerada pela Covid-19 e consequentemente a recessão global, as emissões de gases de efeito estufa deverão recuar [...]

Tintos, brancos e rosés mais verdes

Vinhos da região do Alentejo, em Portugal, estão se destacando dos demais por um “selo” de produção sustentável. O Programa [...]

Parques para todas e todos

Uma parceria entre o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops) e o Instituto Semeia e foi apoiado pela ONU [...]

Cápsulas de café em alumínio reciclado

A Nespresso, marca pioneira no mercado de cafés porcionados, anuncia que suas cápsulas serão produzidas com 80% de alumínio reciclado e [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.