Edição nº 1138 16.09 Ver ediçõs anteriores

Que tiro foi esse?

Que tiro foi esse?

Se existe um presidente de empresa feliz da vida no Brasil, esse é Salesio Nuhs, CEO da fabricante de armas Taurus. As vendas cresceram 12,5% no primeiro semestre na comparação com o mesmo período de 2018. O faturamento atingiu R$ 485,1 milhões, o melhor resultado da história. “O brasileiro de bem se deu conta que tem direito a possui armas para defesa, o que ajudou a aquecer as vendas”, afirma Nuhs. “Embora nada tenha mudado na lei com a eleição de Bolsonaro, o debate desse tema na mídia contribuiu muito.” Além do Brasil, a Taurus está crescendo nos Estados Unidos, mercado que consome 70% da produção mundial de armas leves. Enquanto o setor desacelerou 5,4% na primeira metade do ano por lá, a Taurus cresceu 6,5% no mesmo período. “Vamos inaugurar uma nova fábrica no Estado da Georgia, e ampliar anda mais nossa força em solo americano.”

(Nota publicada na Edição 1134 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Negócio de gente grande

Um dos maiores complexos temáticos do País, o cearense Beach Park deve fechar o ano com crescimento de mais de 20% sobre 2018. O grupo, [...]

Lugar de médico é no shopping

A proliferação das clínicas médicas populares tem levado grandes redes do setor a locais, digamos, pouco convencionais do mercado da [...]

Unidos pelo bilhão

A Duff & Phelps do Brasil, consultoria global de finanças corporativas, e a Kroll, empresa mundial de gestão de riscos e [...]

À procura de imigrantes

Enquanto o Brasil não sabe o que fazer com mais de 11 milhões de desempregados, o Canadá não sabe como preencher suas vagas de [...]

Contrate bem sem olhar a quem

A operação brasileira Oracle, uma das mais importantes da gigante americana de tecnologia, selecionou um recurso da brasileira HRTech [...]
Ver mais