Edição nº 1129 12.07 Ver ediçõs anteriores

Quatro estados a menos de Floresta

Quatro estados a menos de Floresta

Entre os anos de 1985 e 2017, o Brasil teve uma perda líquida de 71 milhões de hectares de vegetação nativa, algo equivalente às áreas somadas dos Estados de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O número consta no levantamento do projeto MapBiomas, que é uma iniciativa de 34 universidades brasileiras, Organizações Não-Governamentais (ONGs) e institutos de pesquisa que têm o intuito de mapear as mudanças ocorridas na ocupação do território nacional. Os dados ainda revelam que a área destinada à agricultura avançou 190% no período, enquanto a de pecuária cresceu 43%. A Mata Atlântica, por exemplo, perdeu 5 milhões de hectares de floresta. Esse é o bioma presente em 56% da área urbana do País. A boa notícia é que as taxas de regeneração da Mata Atlântica vêm superando os índices de desmatamento na última década.

(Nota publicada na Edição 1084 da Revista Dinheiro)


Mais posts

1,2 trilhão de árvores para conter o aquecimento global

O plantio massivo de mudas de árvores em espaços que ainda não foram urbanizados ou tomados pela agropecuária pode ajudar o mundo na [...]

Terras indígenas e áreas de proteção ambiental em xeque na Amazônia

A expansão das atividades na Floresta Amazônica coloca em risco mais de ⅔ das reservas indígenas e de áreas protegidas, segundo um [...]

Frio aquecido

A Kroton, dona de bandeiras educacionais como Anhanguera, Fama e Unopar, fechou uma parceria com a Cruz Vermelha Brasileira para arrecadar doações de casacos, calçados, cobertores e outras roupas de frio, nos tamanhos adulto e infantil, que estejam em bom estado de conservação. A organização humanitária também aceita roupas e sapatos — especialmente nas regiões […]

Fundação Toyota lança EAD gratuito

A Fundação Toyota do Brasil, braço social da montadora multinacional japonesa Toyota, está comemorando 10 anos de existência. Para [...]

O mundo respira por aparelhos

Em dezembro de 2018, um relatório da organização Global Carbon Project, que foi produzido por 76 cientistas de 15 países, apontou que o [...]
Ver mais