Giro

Quase 1.800 detidos em manifestações a favor do opositor Navalny na Rússia

Quase 1.800 detidos em manifestações a favor do opositor Navalny na Rússia

Policiais bloqueiam manifestação a favor de Alexei Navalny em 21 de abril de 2021 em São Petersburgo - AFP

A polícia da Rússia prendeu 1.784 pessoas durante manifestações de apoio ao opositor detido Alexei Navalny em todo o país, informou nesta quinta-feira a ONG OVD-Info.

Na quarta-feira, milhares de pessoas se reuniram durante a noite em várias cidades para pedir a libertação de Alexei Navalny, que está em greve de fome há três semanas – o estado de saúde do ativista preocupa sua equipe. A mobilização, no entanto, foi menor que a dos protestos organizados após sua detenção, em janeiro.

De acordo com a OVD-Info, a maioria das detenções – 805 pessoas – aconteceu em São Petersburgo, segunda maior cidade da Rússia, onde foram registrados vários casos de violência policial.

Ao menos 84 manifestantes passaram a noite detidos.

Em Moscou, os manifestantes protestaram nas proximidades do Kremlin e diante da sede do Serviço Federal de Segurança (FSB).

Ao menos 30 pessoas foram detidas na capital, segundo a OVD-Info.

Manifestantes foram detidos em outras 95 cidades, de acordo com a organização, incluindo Ufa (119), Kazan (68) e Barnaul (58).

Os simpatizantes do opositor convocaram os protestos para quarta-feira com o objetivo de coincidir com o discurso sobre o estado da nação do presidente Vladimir Putin.

Em janeiro, mais de 11.000 pessoas foram detidas nos protestos organizados após a detenção do opositor russo.

Na ocasião, Alexei Navalny acabara de retornar da Alemanha, onde se recuperou de um envenenamento que atribui ao Kremlin. O ativista foi detido e condenado por uma acusação de fraude.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel