Giro

Putin visita a Índia em busca de acordos militares e no setor de energia

Putin visita a Índia em busca de acordos militares e no setor de energia

O presidente russo Vladimir Putin - SPUTNIK/AFP

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, desembarcará nesta segunda-feira (6) na Índia com o objetivo de fortalecer as relações militares e no setor de energia com um aliado tradicional que também é cortejado pelos Estados Unidos.



A Índia foi um país próximo da ex-União Soviética durante a Guerra Fria e a relação perdurou tanto que Nova Délhi a classifica como “uma aliança estratégica especial e privilegiada”.

“A amizade entre Índia e Rússia resistiu ao teste do tempo”, afirmou o primeiro-ministro indiano Narendra Modi a Putin em uma reunião virtual em setembro. “Sempre foi um grande amigo da Índia”.

Esta é a segunda viagem internacional do presidente russo desde o início da pandemia, depois de uma reunião em junho na cidade de Genebra (Suíça) com o presidente americano, Joe Biden.

“Isto é muito simbólico”, comentou Nandan Unnikrishnan, do centro de estudos Observer Research Foundation de Nova Délhi.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



Mas Putin terá que lidar com uma dinâmica regional complexa, consequência das tensões crescentes entre Índia e China, outro tradicional aliado de Moscou, após confrontos letais na região do Himalaia.

“A influência russa na região é muito limitada”, afirmou Tatiana Belousova da OP Jindal Global University de Haryana, “em especial devido aos vínculos com a China e a indisposição de contrariar os interesses regionais chineses”.

A Rússia é um fornecedor de armas de longa data da Índia, que busca modernizar suas Forças Armadas, e um de seus maiores contratos inclui a compra de mísseis terra-ar S-400 de longo alcance.

O acordo avaliado em mais de US$ 5 bilhões foi assinado em 2018 e as entregas já começaram, mas este pode colocar em risco o relacionamento crescente entre Nova Délhi e Washington, que ameaçou aplicar sanções em função da compra.

“É bastante notável que a Índia tenha decidido seguir com a compra dos S-400, apesar da desaprovação dos Estados Unidos”, comentou Belousova.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto