Edição nº 1126 20.06 Ver ediçõs anteriores

Putin está de olho no Tinder

Putin está de olho no Tinder

Caso você tenha algum plano de usar o Tinder na Rússia saiba que o governo local tem exigido que o aplicativo deixe disponível os dados de seus usuários – incluindo mensagens – às agências de inteligência, diz reportagem da AP. Além do Tinder, outros 175 serviços on-line em operação no país são obrigados a manter seis meses de dados de usuários para fornecer às autoridades russas caso solicitados. O Zello, aplicativo de mensagens de voz muito popular entre os motoristas de caminhão, é um dos que fazem parte dessa lista. Ele foi a principal ferramenta para um protesto da categoria contra um novo sistema de pedágio, em 2015.

(Nota publicada na Edição 1124 da Revista Dinheiro)


Mais posts

James Delivery já responde por 40% dos pedidos on-line do GPA

Criada em Curitiba em 2016 e comprada no fim do ano passado pelo GPA, que controla as redes Extra e Pão de Açúcar, o app James Delivery [...]

Google terá seu WhatsApp

Finalmente o Google vai lançar seu próprio serviço de mensagens instantâneas por aplicativos. O RCS (Rich Communications Services). Inicialmente, a empresa faria parcerias com operadoras de telecomunicação e fabricantes de smartphones. Como a coisa estava andando devagar, ela decidiu acelerar o caminho e lançar o Messaging. Inicialmente para França e Reino Unido. O RCS é […]

FTC investiga YouTube

A temida FTC (Federal Trade Commission) investiga o YouTube por coletar indevidamente dados de crianças. A investigação acontece após [...]

Venda de celular surpreende e cresce em receita no Brasil

No mundo, o primeiro trimestre de 2019 foi de queda nas vendas (-5,9%) e nas receitas (-12,1%) de celulares em relação a 2018. No [...]

Corrida pelo 5G

Ranking feito pela InCites Consulting, empresa de Luxemburgo especializada em tecnologia, mostra como estão os países europeus na [...]
Ver mais