Giro

Protesto bloqueia acesso de carros a aeroporto na Argentina

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

O protesto durou cerca de 4 horas. Os passageiros tiveram que acessar o local a pé e a manifestação criou fila de veículos. (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

Um protesto de trabalhadores despedidos da companhia aérea Latam bloqueou, no começo desta semana, a entrada de carros no aeroporto internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, na Argentina. Os passageiros tiveram que acessar o local a pé e a manifestação criou uma longa fila de veículos.

+ Vale repudia violência contra instalações durante protestos na Nova Caledônia
+ Aeroporto de Salvador testa embarque por biometria facial

De acordo com matéria do Clarín, o protesto durou cerca de quatro horas, com distância de 300 metros do acesso ao terminal aéreo. Um grupo de motoristas rompeu a grade de proteção para retornar na rodovia em direção à cidade. As companhias aéreas também reprogramaram voos devido ao atraso de centenas de passageiros.

A ação havia sido antecipada em um comunicado de imprensa dos funcionários da empresa. “Enquanto o turismo se abre e a indústria se reativa, as famílias latino-americanas continuam nas ruas; não queremos um Natal assim”, segundo o documento.



Um dos manifestantes explicou que os sindicatos responsáveis pelo setor ainda não foram recebidos por executivos da empresa ou representantes do governo. Também participaram do protesto trabalhadores da Securitas e GPS, empresas terceirizadas que atuam no aeroporto.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago