Giro

Protesto após morte de adolescente termina com ônibus incendiado em SP

Ao menos um ônibus foi incendiado ao fim de um protesto que ocorreu na tarde desta segunda-feira, 15, na Vila Clara, na zona sul de São Paulo. A manifestação pedia providências após a morte de um adolescente de 15 anos. A família relata que o garoto foi sequestrado na madrugada deste domingo, 14, e encontrado morto nesta segunda.

De acordo com informações da Polícia Militar, o protesto começou por volta das 16h na rua Rolando Curti. Integrantes do ato colocaram fogo em pneus e a polícia foi acionada. As pessoas se espalharam pela região e veículos do transporte público foram atacados. O Corpo de Bombeiros confirmou que um ônibus foi incendiado na Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira às 18h41 e não houve vítimas.

Segundo a família, Guilherme Santos foi visto pela última vez na madrugada do domingo. Parentes dizem que câmeras de segurança flagraram o momento em que o adolescente é levado da rua em que estava por dois homens armados. “Aqui é uma mãe desesperada, esse é meu filho está desaparecido desde a madrugada, foi levado por dois homens armados num carro preto”, escreveu a mãe da vítima neste domingo.

Não foram divulgadas informações sobre onde o corpo foi localizado.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km