Economia

Prospecto de ‘IPO secreto’ da C&A é disponibilizado na CVM

Quase duas semanas depois de ter protocolado seu pedido de registro de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), o prospecto preliminar da abertura de capital da varejista C&A foi, agora, disponibilizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A oferta, antecipada pela Coluna do Broadcast, será primária e secundária, de acordo com o documento.

A listagem ocorrerá no Novo Mercado, que é o segmento de maior exigência de governança corporativa da B3. Nesse documento, ainda não é informado o número de ações que serão ofertadas, nem o cronograma da oferta.

Na oferta secundária são acionistas vendedores a Cofra Investments e a Incas S.A, que têm sede em Luxemburgo. Da oferta primária, com os recursos indo ao caixa da companhia, a companhia pretende utilizar o montante para pré-pagamento de empréstimos entre empresas do mesmo grupo e expansão orgânica. Hoje, segundo o documento, a varejista possui 220 lojas físicas no Brasil.

São coordenadores da oferta o Morgan Stanley, Bradesco BBI, BTG Pactual, Santander, Citi e XP Investimentos.

A alternativa de uma companhia optar por um “IPO Secreto”, no qual o documento protocolado não fica disponível ao público de imediato, foi aberta neste ano pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e seguiu uma alternativa já existente nos Estados Unidos, que permite essa confidencialidade desde 2011.

A estreia da C&A deve ocorrer em outubro. Ao seu lado já têm pedido protocolado junto à CVM a Iguá Saneamento, Vivara e o banco BMG.

Tópicos

C&A IPO secreto