Economia

Promulgada nova redistribuição do ISS entre municípios

O Diário Oficial da União (DOU) traz a promulgação dos trechos da Lei Complementar 157, de 29 de dezembro de 2016, que tratam da redistribuição do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) nos municípios. Esses trechos tinham sido vetados pelo presidente Michel Temer quando da sanção da lei, no ano passado, o que impedia o rateio do imposto entre os mais de 5,5 mil municípios do País. Esta semana, porém, o Congresso derrubou os vetos, e os trechos passam a fazer parte da lei.

Com isso, a arrecadação do ISS relativo às transações de cartão de crédito e débito, leasing e plano de saúde será feita pelos municípios onde as pessoas contratam e consomem o serviço e não nas localidades onde as operadoras estão instaladas. Atualmente, sem a mudança, a arrecadação desse imposto está concentrada em apenas 35 prefeituras, onde ficam essas empresas.

A alteração da tributação para o domicílio do cliente é uma antiga reivindicação de prefeitos. Isso porque a arrecadação de R$ 6 bilhões com ISS desses serviços passará a ser dividida entre todas as cidades do País, deixando de ficar concentrada em algumas prefeituras.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

DOU ISS municípios