Giro

Projeto usa cinema para inclusão de crianças com distúrbios sensoriais

O projeto Sessão Azul, gerido pela CapaciTEAutismo Entretenimento, com patrocínio de diversos shoppings, organizações não governamentais (ONGs) e instituições voltadas para o autismo, acontece pela quarta vez no Complexo BarraShopping e NewYorkCityCenter, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, promovendo a inclusão de crianças com distúrbios sensoriais. A CapaciTEAutismo é uma clínica de psicologia, especializada nos Transtornos de Desenvolvimento, principalmente o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

O filme escolhido é Frozen 2 e será exibido no próximo sábado (11) em sessão dublada, 100% acessível, com legenda descritiva, libras e audiodescrição. A exibição será em único horário, às 13h, nas salas UCI Cinemas do NewYorkCityCenter. A classificação etária é livre, informou a assessoria de imprensa do BarraShopping.

O projeto Sessão Azul foi criado em 2015 pelas psicólogas Carolina Salviano e Bruna Manta, junto com o gerente de Projetos, Leonardo Cardoso. O objetivo é ambientar e acolher crianças com distúrbios sensoriais, síndrome de down, paralisia cerebral e neurotípicas (pessoas que não estão no espectro do autismo) em salas de cinemas adaptadas e fazer com que essa atividade seja uma extensão do processo de tratamento dos pequenos.

A venda dos ingressos começa no dia 9 deste mês, no site Sessão Azul ou no portal Ingresso.com. Todos os ingressos custam o valor de meia entrada.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel