Geral

Projeto Loja Vazia incentiva doações para crianças e jovens em SP

Você chega a uma loja de shopping e se depara com cabides, prateleiras e manequins vazios. Em uma das paredes do espaço, um convite: “preencha a loja com suas doações e ajude quem mais precisa”. Essa é a proposta do projeto Loja Vazia, que ocorre no Morumbi Town Shopping, na zona sul de São Paulo, até o dia 20 de setembro.

O estabelecimento vazio aceita doações de roupas, livros e brinquedos, além de acessórios e calçados de todos os tamanhos. Os itens são recolhidos frequentemente a fim de manter o ambiente sempre pronto para receber novas contribuições.

Tudo o que for arrecadado será doado para a Casa do Zezinho, uma organização social sem fins lucrativos que oferece oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens que vivem em situação de alta vulnerabilidade social.

A loja fica aberta durante todo o horário de funcionamento do shopping, das 10h às 22h de segunda a sábado e das 14h às 20h aos domingos.

“O shopping tem papel fundamental na conscientização e no incentivo a projetos sociais, por ser um ambiente de fácil acesso a todos. A proposta inovadora com certeza servirá de motivação para os visitantes com o intuito de ajudar a quem mais precisa”, comenta Luiz Milanello Filho, superintendente do Morumbi Town Shopping.

A ação ocorre no primeiro piso do empreendimento, que fica na Avenida Giovanni Gronchi, 5930, na Vila Andrade, zona sul da capital paulista.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?