Projeto do governo de legalizar garimpo ameaça terras indígenas

Projeto do governo de legalizar garimpo ameaça terras indígenas

Os territórios indígenas se tornaram alvo de disputas de diversas empresas nas últimas semanas. Os pedidos para explorar a abundante matéria-prima da região dispararam quando o presidente Jair Bolsonaro declarou, em meados de julho, que o governo prepara um projeto para legalizar o garimpo no País. Apenas em terras indígenas, há 4.332 pedidos de pesquisa mineral, o primeiro estágio para a autorização da exploração. Os números foram compilados pelo Instituto Socioambiental (ISA) com base em requerimentos feitos à Agência Nacional de Mineração (ANM) e divulgados em relatório da ONG Repórter Brasil. As solicitações miram, principalmente, a exploração de substâncias como ouro, cobre, estanho, manganês, titânio e nióbio. A terra mais cobiçada é a dos Yanomami, localizada entre os estados Amazonas e Roraima. São 536 requerimentos só para essa região, que foram solicitados por 58 empresas. O estudo aponta que, se os projetos forem aprovados, a mineração pode impactar 42% da terra dos ianomâmi, com a possibilidade de destruição de 4 milhões de hectares de floresta. Dentre as empresas com maior número de requerimentos para a exploração de áreas indígenas estão a Mineração Silvana Indústria e Comércio, controlada pela Mineração Santa Elina, com 735 pedidos; e a Vale, com 216 solicitações.

(Nota publicada na Edição 1144 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Um movimento de fibra

Apresentado em 2016 durante a São Paulo Fashion Week, o Movimento Sou de Algodão lança a cada dois anos um manifesto com a finalidade [...]

Desmatamento volta a avançar na Mata Atlântica

Nos últimos anos, ambientalistas de todo mundo comemoraram a queda na taxa de desmatamente na Mata Atlântica, verificada entre 2016 e [...]

Danone lança programa de metas ambientais

“Triple Zero” poderia ser o nome de um iogurte sem calorias, gordura e lactose. Mas ele se refere ao projeto de metas ambientais que a [...]

Transparência estimula consumo consciente

Conduzida pela Longitude, divisão de inteligência de mercado do jornal Financial Times, uma pesquisa encomendada pela fabricante de [...]

Transição Verde

A Comissão Europeia anunciou que investirá mais de R$ 60 bilhões nos próximos anos para reduzir as emissões de carbono e incentivar a [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.