Tecnologia

Projeção de 4K na parede

Crédito: Divulgação

Antes das enormes TVs, os fãs de cinema se vangloriavam de ter um projetor no teto da sala, jogando uma imagem lavada numa parede. Com as telas de LCD e LED, imaginou-se ser o fim dos aparelhos — mas a inglesa Optoma pensou diferente. Seu mais novo projetor, o UHZ50, usa laser para reproduzir filmes em 4K e em um tamanho de mais de 3,2 metros, o dobro de uma TV de 65 polegadas.

E até compensa a cor de sua parede, seja ela branca ou colorida, prometendo 8,3 milhões de pixels, também mais que o dobro que uma Full HD. Para os fanáticos por videogames ou futebol, a imagem é rápida o suficiente para não borrar nada: em 4k, 60hz, ela responde em 16,7ms, o que é muito. O preço é grande também: R$ 15 mil.

(Nota publicada na edição 1251 da Revista Dinheiro)