Giro

Programa oferece 100 bolsas de inglês para brasileiros na Irlanda

Crédito: Pexels

A oportunidade é aberta para brasileiros que estejam em nível intermediário ou que querem aprender inglês fora na Irlanda (Crédito: Pexels)

A SEDA College abriu inscrições para um programa de bolsas de estudo para brasileiros que queiram estudar inglês na Irlanda. São 100 bolsas de até R$ 15 mil para aprimorar a língua inglesa e conhecer Dublin, capital do país europeu.

Ao todo, serão investidos R$ 500 mil na iniciativa, que contará com dez bolsas integrais e 90 parciais.

+ Dólar cai ante o real nos primeiros negócios repercutindo exterior positivo
+ Governo britânico tenta tranquilizar população sobre a vacina da AstraZeneca

Quem se inscrever no programa precisa pagar uma taxa de R$ 97 e ganha acesso livre de três meses para mais de 60 cursos de inglês em todos os níveis. Essa é uma forma dos candidatos já se prepararem para as etapas de seleção das bolsas oferecidas pela SEDA, sendo que a primeira fase acontece nos dias 24 e 25 de abril, com prova de inglês e conhecimentos gerais sobre a Irlanda.

A segunda etapa acontece nos dias 1 e 2 de maio e contará com um teste de lógica e outro sobre a SEDA College. O somatório de pontos nas duas etapas vai compor o desconto da bolsa, que pode chegar a 50%.

Os vencedores serão anunciados no dia 5 de maio e as viagens não precisam acontecer neste momento de pandemia. A SEDA oferecerá um período de 24 meses para que os ganhadores possam realizar o curso na Irlanda, caso necessário.

As inscrições estão abertas até o dia 15 de abril.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel