Giro

Professores de SP ameaçam greve contra reabertura das escolas

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O início das aulas em todas as escolas do estado está previsto para o dia 1º de fevereiro. Até então, o retorno às atividades presenciais era opcional (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) ameaça colocar a categoria em greve caso o governo estadual determine o retorno das aulas presenciais sem a vacinação dos docentes.

+ ABI pede impeachment de Pazuello por ‘crime de responsabilidade’ na pandemia
+ Uma em cada 100.000 pessoas tem reação alérgica grave à vacina da Pfizer

O início das aulas em todas as escolas do Estado de São Paulo está previsto para o dia 1º de fevereiro. Até então, o retorno às atividades presenciais era opcional.

A associação também anunciou que irá à Justiça para barrar a contratação de professores temporários exclusivos para aulas presenciais.



Segundo o plano do governo estadual, professores seriam imunizados apenas na quarta fase da campanha de vacinação.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel