Giro

Professor chinês que criticou o presidente Xi deixa a prisão

O acadêmico chinês Xu Zhangrun, que escreveu um ensaio crítico ao presidente Xi Jinping pela epidemia do novo coronavírus, foi liberado depois de permanecer detido por quase uma semana, informaram amigos à AFP.

Xu retornou para casa no domingo e está bem, afirmaram as fontes, que pediram anonimato.

Xu Zhangrun, professor de Direito na prestigiosa Universidade Tsinghua de Pequim, foi detido em sua residência em 6 de julho, de acordo com um amigo.

A fonte disse que uma pessoa, que alegava ser policial, ligou para a esposa de Xu para afirmar que o professor havia sido detido por supostamente solicitar o serviço de prostitutas na cidade de Chengdu, sudoeste do país, acusação que o amigo considerou “ridícula”.

Em um ensaio publicado em sites estrangeiros em fevereiro, Xu criticou a cultura de engano e censura de Xi durante o foco do novo coronavírus na China.

O professor de Direito da Universidade de Tsinghua, um das principais instituições acadêmicas do país, já havia criticado em 2018 o fim do limite aos mandatos presidenciais, em um texto que circulou na internet.

A polícia de Pequim não fez qualquer comentário sobre o caso até o momento.

Veja também

+Caixa paga hoje (13) auxílio emergencial para nascidos em maio

+Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?