Negócios

Procon-SP notifica Apple e exige que forneça o carregador para iPhone 12

Crédito: Divulgação/Apple

O smartphone foi lançado em novembro sem incluir o carregador que, anteriormente, vinha com os modelos (Crédito: Divulgação/Apple)



O Procon-SP notificou a Apple pedindo explicações sobre a venda dos modelos de iPhone 12 sem o carregador de bateria. Além disso, o órgão vai exigir que a Apple forneça o item aos clientes que adquirirem smartphones dessa linha. O smartphone foi lançado em novembro no Brasil sem incluir o carregador que, anteriormente, vinha com os modelos.

“É incoerente fazer a venda do aparelho desacompanhado do carregador, sem rever o valor do produto e sem apresentar um plano de recolhimento dos aparelhos antigos, reciclagem etc. Os carregadores deverão ser disponibilizados para os consumidores que pedirem”, afirma Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP, em nota divulgada à imprensa.

+ Xiaomi supera Apple em vendas de smartphones no 3º trimestre
+ Itália multa a Apple em 10 milhões de euros por propaganda enganosa

Em resposta, dada ao Procon-SP, a companhia informa que como já existem muitos desses dispositivos no mundo e os novos carregadores não são utilizados pelos usuários. A decisão teve como objetivo ajudar a reduzir a emissão de carbono e o lixo eletrônico, disse a Apple.




Cultura verde

Apesar de a Apple informar que, ao retirar os carregadores da caixa dos smartphones promoveria redução da emissão de carbono, de mineração e uso de materiais preciosos, a empresa não demonstra esse ganho ambiental, diz o Procon-SP. Além disso, a Apple não apresenta nenhuma ação sobre uma possível aplicação de logística reversa.

“Ao deixar de vender o produto sem o carregador alegando redução de carbono e proteção ambiental, a empresa deveria apresentar um projeto de reciclagem. O Procon-SP irá exigir que a Apple apresente um plano viável”, acrescenta Capez.


Multa

Conforme prevê o Código de Proteção e Defesa do Consumidor, a conduta da Apple será analisada pela diretoria de fiscalização. Caso sejam constatadas infrações à lei, ela poderá ser multada.