Economia

Problema de sonegação é maior entre postos com bandeira, diz presidente da Alesp

O deputado estadual Cauê Macris (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), disse que ao Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado) que a sonegação de impostos no setor de combustíveis não é restrita aos postos de combustíveis com bandeira branca. “O número de problemas nos postos com bandeira de distribuidoras é até maior, porque os postos bandeira branca já têm uma fiscalização natural mais clara”, afirmou, após a solenidade de abertura da Feira e do Fórum Internacional de Postos de Combustíveis, Equipamentos, Lojas de Conveniência e Food Service.

“O posto com bandeira branca se expõe muito mais, então temos problemas muito grandes nos postos embandeirados. Apelei aos distribuidores que façam uma fiscalização mais forte nesses postos”, disse.

Segundo o deputado, a fiscalização é do Poder Público, mas é necessária a atuação também das empresas que fecham contratos com a revenda.