Giro

Príncipe William e esposa visitam geleira Hindu Kush no Paquistão

Príncipe William e esposa visitam geleira Hindu Kush no Paquistão

O príncipe William da Grã-Bretanha e sua esposa Kate, a duquesa de Cambridge, se reúnem com membros da tribo Kalash durante sua visita ao vale do Bumburate, no distrito chitral do norte do Paquistão - AFP

O príncipe William e sua mulher, Kate, visitaram nesta quarta-feira (16) a geleira paquistanesa de Hindu Kush, perto da fronteira com o Afeganistão.

O casal britânico viajou de helicóptero ao Parque Nacional do Vale de Broghil para observar os efeitos da mudança climática em uma das áreas com mais geleiras do planeta.

Moradores da região alertam sobre o derretimento das geleiras, que causou inundações devastadoras em 2015. À época, milhares de famílias ficaram desabrigadas.

O duque de Cambridge classificou o derretimento das geleiras de “catástrofe iminente”, em um pronunciado em Islamabad na terça-feira (15).

O casal se reuniu com ativistas ambientais para discutir a situação, antes de passar a tarde com os Kalash, antiga tribo politeísta que celebra seus deuses com música e danças.

Os ativistas fazem campanha pela preservação das tradições da tribo, que atualmente tem 3.000 pessoas.

Durante uma escala na viagem até a geleira, em Chitrali, o duque e a duquesa experimentaram chapéus com pena de pavão, um presente dos moradores, segundo a imprensa.

Os chapéus de lã planos, também conhecidos como “pakols”, são populares no norte do Paquistão e em todo Afeganistão, mas as decorações de penas são reservadas para ocasiões especiais.