Giro

Primeira morte por covid-19 em campo de migrantes na Grécia

Primeira morte por covid-19 em campo de migrantes na Grécia

Migrantes caminham em estrada perto de acampamento temporário em Lesbos - AFP

As autoridades gregas anunciaram neste domingo (27) a primeira morte relacionada ao novo coronavírus em um acampamento de migrantes no país.

A vítima é um afegão de 61 anos, pai de dois filhos, que mora no campo de Malakassa, próximo a Atenas, anunciaram as autoridades. O homem foi hospitalizado em Atenas.

Este campo, como o de Schisto e Eleonas – também próximo à capital – foi colocado em quarentena no início de setembro, em meio a preocupações com o aumento de casos de coronavírus entre migrantes.

Mas as restrições de movimento nos centros de recepção de migrantes estavam em vigor desde março.

Na ilha de Lesbos, após o incêndio recente no acampamento de Moria, mais de 240 solicitantes de asilo testaram positivo no campo provisório para o qual foram transferidos.

Neste domingo, as autoridades gregas anunciaram 218 novos casos de covid-19, aumentando o total de casos no país para 17.444 infectados.

Também foram registradas três mortes, deixando assim um total de 379 mortes desde o início da pandemia.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?