Negócios

Primeira criptomoeda brasileira, WiBX já está disponível para compra no mercado

Crédito: Reprodução/WiBX

Pioneira no Brasil, a WiBX conta com uma rede de negócios que vai desde de a negociação no mercado de criptomoedas até um programa de fidelização com grandes marcas (Crédito: Reprodução/WiBX)

A primeira criptomoeda brasileira, a WiBX, já pode ser negociada. Desde sexta-feira, a operação com o criptoativo ficou disponível, por meio da corretora CoinBene.

Lançada no mercado há um ano, a WiBX é um utility token que pode ser trocada por produtos e serviços e, agora, dinheiro. Até o momento, a plataforma já conta com 600 comerciantes ativos como a Editora Três, Allianz Parque, a camisaria Colombo e a Movida.

+ O dinheiro nunca foi tão esperto
+ A Moeda do ganha-ganha
+ Cielo de brigadeiro

São três modelos de negócios envolvendo a moeda: é um criptoativo, podendo ser negociada no mercado; uma moeda para o varejo, com a possibilidade de pagamentos de produtos por meio dela; um meio de fidelização dos clientes, como um clube de vantagens, com as marcas parceiras da WiBX.

Por enquanto, apenas a CoinBene está negociando o WiBX no mercado, mas a ideia é que nos próximos meses outras corretoras estejam habilitadas a negociar a criptomoeda brasileira.

Para isso, basta se cadastrar gratuitamente por meio da plataforma da WiBX no site ou aplicativo disponível nos sistemas iOS e Android, ou pelo do site da corretora CoinBene.

Inicialmente foram ofertados 12 bilhões de tokens, a um custo de US$ 0,034.

Além disso, a moeda estará nos Jogos Pan-Americanos Masters, no Rio de Janeiro, em setembro e será usada como uma forma de pagamento dentro do evento, onde as pessoas e os mais de 15 mil atletas terão a opção de usar a criptomoeda nos produtos e serviços do evento. O débito da moeda será feito através de QR code.

 

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?