Giro

PRF afasta envolvidos na morte de homem sufocado dentro de viatura

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para apurar o caso e já iniciou as diligências para esclarecer “o mais breve possível” o ocorrido, segundo nota. (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou hoje (26) o afastamento dos agentes envolvidos na morte de Genivaldo de Jesus Santos, ocorrida durante uma abordagem feita ontem (25) por policiais rodoviários federais na BR-101, em Sergipe. Em nota, a corporação afirmou que instaurou um processo disciplinar “para elucidar os fatos” e os agentes foram afastados das atividades de policiamento.

“A Polícia Rodoviária Federal informa que está comprometida com a apuração inequívoca das circunstâncias relativas à ocorrência no estado de Sergipe, colaborando com as autoridades responsáveis pela investigação. A PRF instaurou processo disciplinar para elucidar os fatos e os agentes envolvidos foram afastados das atividades de policiamento”, afirmou a PRF em nota.

+ General sudanês morre nas manifestações, reprimidas com gás lacrimogêneo

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para apurar o caso e já iniciou as diligências para esclarecer “o mais breve possível” o ocorrido, conforme afirmou em nota.



Por meio de suas redes sociais, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, disse nesta quinta-feira que determinou que a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal abrissem investigação sobre a ocorrência. “Nosso objetivo é esclarecer o episódio com a brevidade que o caso requer”, escreveu o ministro.

Imagens veiculadas na internet mostram a vítima presa dentro de uma viatura esfumaçada. O homem se debate com as pernas para fora enquanto um policial rodoviário mantém a tampa do porta-malas abaixada, impedindo o homem de sair. As suspeitas são de que a fumaça era um gás disparado pelos policiais, o que teria resultado na morte de Genivaldo por asfixia.

Segundo o Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe, foi realizada a necrópsia e o material coletado encaminhado ao Instituto de Análises e Pesquisas Forenses (IAPF) para elucidar a causa imediata da morte. Foi identificado de forma preliminar que a vítima teve como causa da morte insuficiência aguda secundária a asfixia.








Tópicos

abordagem abordagem policial abordagem policial Sergipe brutalidade policial cidade Umbaúba Como verificar multa da PRF? consultar passaporte gás gás Polícia Rodoviária Federal morte Genivaldo de Jesus Santos morto viatura Genivaldo de Jesus Santos problemas mentais homem homem morre abordagem policial gás Sergipe homem sufocado polícia homem sufocado PRF Sergipe homem sufocado viatura polícia gás investigação morte morte Genivaldo de Jesus Santos morte homem polícia gás mortes causadas por policiais O que é preciso para entrar na Polícia Federal? O que significa a palavra PRF? PF em Sergipe PF já iniciou diligências sobre caso Polícia Federal Polícia Federal apura morte em viatura Polícia Federal apura morte gás Polícia Federal apuração morte Sergipe Polícia Federal caso morte gás Polícia Federal morte viatura PRF polícia federal passaporte polícia federal passaporte agendamento Polícia Federal passaporte documentos Polícia Federal passaporte menor Polícia Rodoviária Federal Polícia Rodoviária Federal viatura morte PRF prf 2022 prf concursos prf edital 2021 prf multas prf noticias prf salário PRF Sergipe mata homem gás prf telefone Quais os serviços da Polícia Federal? Qual o melhor curso superior para ingressar na PRF? Qual o salário de um agente da Polícia Federal? Quem controla a Polícia Federal? renovar passaporte - polícia federal Solicitar passaporte sufocamento por gás viatura PRF testemunha viatura da Polícia Rodoviária Federal gás morte umbaúba viatura da Polícia Rodoviária Federal viatura problemas mentais sergipe morte violência no país Violência Policial vítima Genivaldo de Jesus Santos vítima problema mentais vítima teria problemas mentais