Economia

Presidente do BC e senadores se reúnem para discutir redução do spread e de juros

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, chegou no início da tarde à liderança do governo no Senado, onde almoçará com senadores. Ele não falou com a imprensa.

Esta é a primeira visita de Campos Neto ao Senado após a audiência pública da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado ter aprovado, na semana passada, o nome de Fábio Kanczuk para a Diretoria de Política Econômica.

Na ocasião, diversos senadores criticaram o BC e cobraram medidas efetivas para reduzir os juros a famílias e empresas no Brasil.

Alguns parlamentares, inclusive, afirmaram que não pretendem mais aprovar indicações para o BC no futuro, até que a instituição apresente resultados na área de custo de credito.

De acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, o presidente do BC pediu uma conversa com os senadores para falar sobre redução do spread bancário, dos juros do cheque especial e do cartão de crédito.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?