Meio ambiente

Presidente confirma que incêndios florestais estão extintos na Bolívia

Presidente confirma que incêndios florestais estão extintos na Bolívia

(Arquivo) O presidente da Bolívia, Evo Morales - AFP

O presidente boliviano, Evo Morales, confirmou nesta terça-feira que os incêndios que afetaram mais de 5 milhões de hectares de florestas e pastagens, a maior parte na região de Chiquitanía, foram totalmente extintos.

Morales agradeceu em sua conta no Twitter aos que se mobilizaram em uma gigantesca operação de quase dois meses “até conseguir apagar todos os focos de calor no dia de ontem, segunda-feira 7”.

“Agora começa a etapa de recuperação da fauna e da flora da nossa Chiquitania. (…) Aprendemos muitas lições e nos prepararemos para cuidar da #MãeTerra pelo bem das futuras gerações”, acrescentou.

O governo de Santa Cruz (leste), em cuja jurisdição está a maior parte do território incendiado, havia confirmado na segunda-feira o fim do fogo que consumiu 4 milhões de hectares na Chiquitanía e no Pantanal.

As intensas chuvas que caíram sobre o Bosque Chiquitano durante a semana passada ajudaram a extinguir os focos de incêndio na região, afetada pelas chamas desde agosto passado, devido às queimadas para ampliar a fronteira agrícola.

A ONG Fundação Amigos da Natureza (FAN) informou há mais de uma semana que 5,3 milhões de hectares foram afetados na Bolívia pelos incêndios florestais e de pastagens.

O governo empregou aviões-cisterna, como um SuperTanker Boeing 747 e um russo Ilyushin, além de vários helicópteros, para combater os incêndios. Em determinado momento chegou a mobilizar até 5.000 pessoas, entre soldados, policiais, bombeiros e brigadistas locais, franceses e argentinos.