Giro

Premiê irlandês oferece ajuda médica no combate à COVID-19

Premiê irlandês oferece ajuda médica no combate à COVID-19

O premier irlandês Leo Varadkar chega ao conselho ministerial em Armagh, Irlanda do Norte, 14 de março de 2020 - AFP


O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, formado em Medicina, trabalhará para o serviço público de saúde uma vez por semana durante a epidemia do novo coronavírus, anunciou neste domingo (5) um porta-voz do governo.

Varadkar “ofereceu seus serviços ao serviço de saúde uma vez por semana, dentro de seu campo de atividade”.

Segundo o jornal Irish Time, Varadkar, que se formou em Medicina no Trinity College de Dublin, em 2003, avaliará os sintomas dos pacientes por telefone.

“Muitos familiares e amigos seus trabalham no setor sanitário”, explicou o porta-voz. “Ele queria ajudar, ainda que de forma modesta”.

Em março, pouco depois de a epidemia de COVID-19 chegar à Irlanda, o serviço público de saúde pediu a profissionais de saúde que tivessem deixado de exercer a profissão que se reincorporassem ao sistema.

Mais de 60.000 pessoas responderam à convocação.

Segundo as cifras mais recentes do Mistério da Saúde, publicadas neste domingo, a Irlanda registrou 158 mortes relacionadas com a COVID-19 e 4.994 casos de contágio desde que a epidemia emergiu.