Negócios

Prejuízo líquido da Bombardier cresce e chega a US$ 1,72 bi no 4° tri de 2019

A Bombardier teve prejuízo líquido de US$ 1,719 bilhão no quarto trimestre de 2019, ou US$ 0,74 por ação. Em termos ajustados, a perda foi de US$ 172 milhões, ou US$ 0,10 por ação.

Trata-se de piora considerável em relação ao registrado entre outubro e dezembro de 2018, quando a empresa teve prejuízo líquido de US$ 55 milhões, ou US$ 0,02 por ação.

+ Embraer assina contrato com SkyWest para venda de 20 jatos E175

+ Cade aprova compra de operação da Embraer pela Boeing sem restrições

A receita somou US$ 4,205 bilhões nos três meses encerrados em dezembro do ano passado, 2% a menos que no quarto trimestre de 2018.

Em relação a todo o ano de 2019, o prejuízo líquido foi de US$ 1,607 bilhão, ou US$ 0,76 por ação, bem maior que em 2019, quando a perda foi de US$ 318 milhões, o equivalente a US$ 0,09 por ação.

Já a receita para 2019 ficou em US$ 15,757 bilhões, queda de 3% em relação ao ano anterior.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

balanço Bombardier