Giro

Prefeitura de SP vai liberar abertura de escolas no dia 1º de fevereiro

Crédito: Pixabay

A rede privada será liberada para aulas regulares no dia 1º de fevereiro (Crédito: Pixabay)

A Prefeitura de São Paulo liberou nesta quinta-feira, 13, a abertura de escolas no dia 1º de fevereiro. Os colégios poderão reabrir com 35% da capacidade inicialmente. A rede privada será liberada para aulas regulares já no dia 1º e a rede municipal deve começar com atividades de acolhimento emocional aos estudantes.

Desde que assumiu a gestão, o novo secretário da Educação, Fernando Padula, se empenhou na reabertura dos colégios e conversou com grupos de pais, pediatras, cientistas e educadores para embasar o retorno à escola. A decisão foi tomada pelo próprio prefeito, Bruno Covas (PSDB).

+ Prefeitura de SP vai liberar abertura de escolas no dia 1º de fevereiro

Em coletiva de imprensa, o secretário de Saúde, Edson Aparecido, disse que não há evidências suficientes de que as crianças sejam índices para a transmissão. “A observação das taxas de internação e óbitos revela taxas baixas que se mantiveram consistentes para essa faixa etária, mas foi preciso que a gente tivesse longo tempo de análise e observação.”

“A vigilância sanitária recomenda o retorno escolar seletivo para toda a rede de ensino, com a capacidade de 35% desses equipamentos a serem ocupados. É possível que todas as unidades voltem a funcionar, mas com capacidade máxima de 35%.”

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel