Geral

Prefeitura de SP declara Paulo Freire ‘Patrono da Educação Paulistana’

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), sancionou nesta quinta-feira, 28, a Lei 16.947/18, que declara o educador Paulo Freire como “Patrono da Educação Paulistana”. O projeto de lei que dá origem à determinação é de autoria dos vereadores Toninho Vespoli (PSOL) e Antonio Donato (PT). A decisão foi publicada no Diário Oficial Cidade de São Paulo desta sexta-feira, dia 29.



Freire já é considerado, por lei federal, como “Patrono da Educação Brasileira” desde 2012. No projeto de lei paulistano, os vereadores levaram em consideração o trabalho de Paulo Freire como educador e pedagogo – mas também sua experiência como secretário municipal da Educação na gestão de Luiza Erundina (PT) na Prefeitura de São Paulo, entre os anos de 1989 e 1991.

Educador, pedagogo e filósofo, o pernambucano Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) é considerado um dos pensadores mais notáveis da pedagogia mundial.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022