Geral

Prefeitura de São Paulo lança edital para dobrar pontos de Wi-Fi grátis

A Prefeitura de São Paulo pretende mais do que dobrar o número de locais da cidade que oferecem pontos de conexão Wi-Fi livres para os cidadãos dentro de seis meses. Hoje concentrado nas praças da capital, o Wi-Fi também deverá estar em parques, prédios públicos e pontos turísticos.

A mudança se dará por meio de um cadastramento de empresas interessadas em explorar o serviço e, em troca, explorar comercialmente o serviço, com a venda de publicidade para os usuários. O edital com as regras do cadastramento será publicado na edição deste sábado, 24, no Diário Oficial da Cidade.

Atualmente, são 120 pontos de conexão. Além de manter esses locais, as empresas cadastradas terão de oferecer o serviço, obrigatoriamente, em outros 180 locais e, se tiver interesse, em outros 319 pontos opcionais.

Esse cadastro é aberto: qualquer empresa que se interessar poderá se inscrever e começar a oferecer o serviço, de modo que os pontos de conexão poderão ter mais de um serviço — aí, caberá ao usuário escolher em qual sinal de Wi-Fi ele quer se conectar.

Segundo o secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Daniel Annenberg, o serviço atual, que é mantido pela Prefeitura, tem um custo anual de R$ 12 milhões. “É cerca de R$ 8 mil por ponto, valor que achamos caro”, afirma. Com as mudanças, o serviço será inteiramente financiado pelas empresas credenciadas.

O cadastro ficará aberto por seis meses. Quando os atuais 120 pontos estiverem cobertos, o sinal oferecido pela cidade desde 2014 será desativado. “R$ 12 milhões é o custo de quatro postos de saúde”, afirmou o prefeito Bruno Covas (PSDB).

Desde que começou, o sinal da Prefeitura já recebeu 400 milhões de acessos, segundo a Prefeitura. Covas destacou a ampliação de pontos na periferia da cidade e o fato de que o acesso à internet é uma maneira de inclusão social.

Veja também

+ Bolsonaro posta foto com filha e rebate crítica: “Já tomou Caracu hoje?”

+ Faça em casa receita de pudim com milho e leite condensado

+ Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas em rede de prostituição

+ Com bumbum à mostra, Ivy Moraes filosofa no Instagram

+ Saiba por que as farmacêuticas vêm testar vacinas no Brasil

+ Namorada de Marco Verratti exibe fotos sensuais

+ Lívia Andrade posa de fio dental

+ Auxílio emergencial: Caixa credita hoje parcela para nascidos em janeiro

+ Google permite ver animais em 3D com realidade aumentada

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?