Economia

Preços no comércio eletrônico caem 3,13% em janeiro, segundo Fipe Buscapé

Os preços no comércio eletrônico registraram queda de 3,13% em janeiro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2016, de acordo com o Índice Fipe Buscapé. Este foi o segundo mês consecutivo de deflação na comparação anual após uma sequência de 21 meses em que ocorreram altas.

Em relação a dezembro de 2016, os preços ainda apresentam crescimento. Registraram alta de 1,67%.

A deflação é considerada algo natural no ambiente do varejo online. Por este ser um canal de vendas em que há forte participação de itens de tecnologia, o efeito de queda nos preços ocorre em razão de lançamentos de produtos superiores ou troca de coleções. Apesar disso, a crise fez a média dos preços crescerem ao longo de 2016, em especial na primeira metade do ano.

Entre as 150 categorias monitoradas pelo índice, metade registrou queda de preços na comparação com o mesmo período do ano passado. A deflação no e-commerce foi impulsionada pela categoria telefonia, na qual os produtos tiveram queda de preço de, em média, 12,11% na comparação anual. Na categoria de eletrônicos o recuo foi de 4,70% e, em informática, de 2,74%.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?