Economia

Preço médio de moradias sobe 16,4% entre janeiro e agosto na China

Os preços das moradias na China cresceram 16,4% no período entre janeiro e agosto, na comparação com igual período do ano passado. Entre janeiro e julho, a alta havia sido de 16,2%.

O avanço ocorreu apesar dos esforços oficiais para desacelerar o mercado imobiliário, em meio a especulações de que possa ser imposto um tributo no setor. Os dados oficiais do Escritório Nacional de Estatísticas mostraram ainda que o investimento em propriedades nos primeiros oito meses do ano subiu 10,1% na comparação anual, para 7,65 trilhões de yuans. Entre janeiro e julho, essa alta havia sido de 10,2%.

As construções iniciadas tiveram alta de 15,9% entre janeiro e agosto, após avanço de 14,4% nos primeiros sete meses deste ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

China moradias preço