Economia

Preço dos imóveis residenciais cai 0,02% em março no País, revela Fipezap

O preço médio dos imóveis residenciais teve uma leve queda de 0,02% na passagem de fevereiro para março, segundo pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) feita com base nos anúncios de 20 cidades no site Zap. Nos últimos 12 meses, o preço médio dos imóveis sofreu baixa de 0,70%.

O comportamento dos preços no mês foi bem diferente nas localidades cobertas pela pesquisa, sugerindo que o mercado imobiliário já mostra recuperação em algumas regiões, mas permanece em baixa em outras áreas.

Em março, nove das 20 cidades tiveram retração nos preços, como aconteceu no Rio de Janeiro (-0,26%), em Belo Horizonte (-0,21%), Distrito Federal (-0,47%) e Fortaleza (-0,20%).

Já em 11 das 20 regiões foi registrada alta nos preços, como foram os casos de Florianópolis (0,30%), Curitiba (0,19%), São Paulo (0,17%), Campinas (0,24%) e Salvador (0,18%).

O valor médio do metro quadrado dos imóveis residenciais foi a R$ 7.547. O Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o preço mais caro do País (R$ 9.661), seguida por São Paulo (R$ 8.718) e Distrito Federal (R$ 7.777).

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?