Giro

Preço de medicamentos contra sintomas de Covid-19 disparam. Veja as maiores altas

Crédito: Pixabay

Entre janeiro de 2020 e de 2021, o preço geral dos medicamentos vendidos aos hospitais registrou aumento de 15,57% (Crédito: Pixabay)

O preço dos medicamentos registrou uma disparada. É o que mostra o Índice de Preços de Medicamentos para Hospitais (IPM-H), criado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), realizado em parceria com a empresa de tecnologia Bionexo, e divulgado pelo R7.

Durante a pandemia, os remédios que atacam os sintomas no aparelho digestivo e metabolismo subiram 64,44% e para o sistema nervoso, 51,37%. Dores no corpo e diarreia são sintomas de covid-19, além de ansiedade e depressão causadas pelo momento.

+ Lira e Pacheco dão 24 horas para Pazuello explicar agenda de vacinação
+ Covaxin pede adiamento de reunião com a Anvisa

Máscaras e luvas 

Ainda de acordo com a reportagem, máscaras descartáveis e luvas usadas pelos profissionais de saúde quadruplicaram de valor do início de 2020 ao início de 2021.

O preço médio da máscara descartável passou de R$ 0,10 para R$ 0,50 (alta de 400%), enquanto as luvas foram de R$ 0,16 para R$ 0,86 (412,50%).

Preços gerais

Entre janeiro de 2020 e de 2021, o preço geral dos medicamentos vendidos aos hospitais registrou aumento de 15,57%. Entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021 todos os remédios que chegaram aos hospitais apresentaram alta de 1,32%.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel