Agronegócio

Preço da saca de milho sobe 130% em um ano em MS, diz Farmasul

São Paulo, 16 – O preço da saca de milho em Mato Grosso do Sul subiu 130% em um ano, informou a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul), em nota. Atualmente, o valor médio pago ao produtor sul-mato-grossense é de R$ 85,75 por saca de 60 quilos, ante R$ 37,29 por saca em junho de 2020.

A alta do cereal no mercado internacional, sobretudo nos futuros do milho na Bolsa de Chicago (CBOT), é um dos motivos do avanço, diz a Famasul, além da valorização do dólar ante o real e também a escassez de milho no mercado interno.

“Há preços internacionais em alta, impulsionados pelo consumo mundial aquecido e a oferta ajustada, comportamento observado em todas as commodities agrícolas”, disse a analista técnica do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira. “A conjuntura está favorecendo a remuneração, porém o cenário foi desfavorável no início do plantio, com custos de produção mais elevados, semeadura fora da janela ideal e fatores climáticos negativos. Os altos custos e a perda de produtividade na lavoura reduzem a lucratividade do produtor e afetam a rentabilidade do investimento”, completou.



Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago