Giro

Pré-lançamento da linha de tênis Nike Air Dior gera fila de 5 milhões de pessoas

Crédito: Reprodução/YouTube

As edições do Nike Air Dior são exclusivas e menos 8 mil pares serão vendidos ao público (Crédito: Reprodução/YouTube)

Mais de 5 milhões de pessoas estão na fila de espera pelo lançamento de duas edições limitadas que surgiram através da parceria entre Nike e Dior, os sneakers “Air Jordan 1 Retro OG Dior” e o “Air Jordan 1 Low”.

Anunciado para março, o lançamento da linha Nike Air Dior acabou adiado em decorrência da pandemia do coronavírus e acontecerá ainda neste mês.

+ O encontro da Dior com a Nike
+ Michael Jordan revela que preferia os tênis da Adidas
+ Nike doa mais de 130 mil unidades de peças de roupas e calçados para profissionais da saúde

Apesar do alto número de pessoas que estão na fila de espera pelo produto, apenas 8 mil pares serão vendidos ao público geral, enquanto outros 5 mil pares serão distribuídos aos parceiros da Nike. A cantora Ludmilla fez um post nesta sexta-feira (10), em seu perfil do Instagram, com os pares do Nike Air Dior e disse que eram os únicos no Brasil.



Produzidos na Itália, os tênis são feitos de couro e nylon, alternando entre as cores branco e cinza e pintados a mão, além da identificação da Dior no solado, no logotipo da Nike e detalhes em outras partes. Os modelos Jordan 1 serão vendidos entre US$ 2 mil e US$ 30 mil.

A campanha de divulgação dos modelos contou com a participação do rapper Travis Scott.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel