Giro

Prazo para pedir atendimento especializado no Revalida vai até sexta 

O prazo para pedir atendimento especializado e tratamento por nome social no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) vai até as 23h59 de sexta-feira (21), mesmo dia em que se encerram as inscrições.

Podem pedir o tratamento especializado pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, transtorno do espectro autista, discalculia, gestantes, lactantes, idosos, além de pessoas com outra condição específica.



As inscrições no Revalida abriram na segunda (17). O pedido de atendimento especializado deve ser feito junto com a inscrição. Para isso, é necessário atender a critérios específicos previstos em edital, como laudo assinado por médico com registro do Conselho Regional de Medicina (CRM).

Já o tratamento por nome social deve ser solicitado por quem deseja ser identificado de acordo com sua identidade de gênero (transexual, travesti ou transgênero).

Para isso, é necessário anexar documentos como foto atual colorida, com fundo branco, que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro e sem assessórios como óculos e chapéus. A pessoa também deve anexar cópia digitalizada (frente e verso) de documento de identificação oficial com foto válido, conforme especificado em edital.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



A aplicação da prova da primeira etapa do Revalida está marcada para 6 de março em oito capitais: Brasília, Campo Grande, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio Branco, Salvador e São Paulo. O participante deve indicar, no momento da inscrição, onde deseja fazer o exame.

As inscrições podem ser realizadas na página do Revalida. O Inep também mantém um portal com informações sobre o exame.